:Parte do PSL decide apoiar Lira contra Baleia na eleição da Câmara

Parte do PSL decide apoiar Lira contra Baleia na eleição da Câmara - TV Na Rua CornelioDigital Parte do PSL decide apoiar Lira contra Baleia na eleição da Câmara - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Parte do PSL decide apoiar Lira contra Baleia na eleição da Câmara

Deputado Vítor Hugo fez o anúncio sobre bloco bolsonarista que pretende apoiar LiraImagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Parte do PSL decide apoiar Lira contra Baleia na eleição da Câmara
Em um movimento anunciado primeiramente pelo deputado federal Vítor Hugo (PSL-GO), parte do PSL decidiu hoje migrar para o bloco que apoiará o candidato Arthur Lira (PP-AL) na eleição para a presidência da Câmara dos Deputados. Assim, esses parlamentares deixam de seguir a orientação oficial do PSL, que era de apoiar Baleia Rossi (MDB-SP), candidato do atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

A ala que decidiu apoiar Lira é identificada dentro do partido como bolsonarista. São 32 deputados - dos 53 que compõem o PSL na Câmara - que assinaram uma lista de adesão divulgada no início da noite por Vítor Hugo.

O problema em relação ao apoio é que 17 desses parlamentares estão suspensos na Câmara por terem sido punidos pelo PSL e precisarão de um aval da Mesa Diretora para que o apoio seja realmente ratificado. Desta forma, restam apenas 15 deputados aptos a migrarem de bloco e oficializarem o apoio ao candidato preferido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

PSL FORA DO BLOCO DA ESQUERDA!!

Era um absurdo que o PSL traísse seus eleitores e se ligasse a um bloco que congrega partidos como o PT, PCdoB, PSB, PDT e outros que defendem tudo contra o que lutamos esses anos todos!!! O Bloco montado e apoiado por @RodrigoMaia... pic.twitter.com/xqkODv3Fce

-- Vítor Hugo (@MajorVitorHugo) January 7, 2021

Entre os suspensos, está o próprio Vítor Hugo, que tenta reverter a situação com a ajuda de um parecer da Procuradoria Parlamentar. O deputado apresentou um documento assinado pelo deputado e procurador Luís Tibé (Avante-MG), no qual ele recomenda a aceitação das assinaturas de todos os 32 deputados da legenda.

Atualmente, a Câmara só considera como integrantes da bancada do partido 36 dos 53 deputados filiados à legenda.

Na publicação em que anunciou a migração de parte do PSL, Vítor Hugo afirmou que com o movimento os deputados deixam de estar ligados ao bloco que tinha partidos de esquerda como PT e PCdoB.

"Era um absurdo que o PSL traísse seus eleitores e se ligasse a um bloco que congrega partidos como o PT, PCdoB, PSB, PDT e outros que defendem tudo contra o que lutamos esses anos todos! O bloco montado e apoiado por Rodrigo Maia", escreveu.

Na última segunda-feira (4), o PT oficializou o apoio a Baleia, se juntando ao próprio PSL e também a MDB, PSDB, DEM, Cidadania, PV e Rede.

Em nota, o PSL afirmou que a lista apresentada por Vitor Hugo "carece de legalidade" e que foi feita para "conturbar o cenário político".

"A lista apresentada pelo major Vitor Hugo (GO) de apoio à candidatura de Artur Lira (PP) carece de legalidade e fundamento regimental. O deputado Vitor Hugo está suspenso de suas atividades partidárias, bem como outros 16 deputados.

Essa ação, portanto, não tem nenhum sentido legal. A intenção é, apenas, conturbar o cenário político.

O PSL está fechado com o bloco que sustenta a candidatura do deputado Baleia Rossi (MDB) à presidência da Câmara e assim permanecerá até o fim", diz o texto.

''

Visualizações 62
Fonte: UOL
Por: Redao
Data: 08/01/2021 19h33min

Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014