:Vídeos: Reclamações, nocautaços e muito sangue marcam o "UFC: Overeem x Harris" de sábado

Vídeos: Reclamações, nocautaços e muito sangue marcam o "UFC: Overeem x Harris" de sábado - TV Na Rua CornelioDigital Vídeos: Reclamações, nocautaços e muito sangue marcam o "UFC: Overeem x Harris" de sábado - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Vídeos: Reclamações, nocautaços e muito sangue marcam o "UFC: Overeem x Harris" de sábado

Marlon Vera, Edson Barboza e Angela Hill mostram incredulidade com os resultados de suas lutas; Overeem abraça Harris após a luta, enquanto Holland e Landwehr vibram no octógono

A máxima que diz que "quem ganha comemora, quem perde reclama" parece ter sido feita sob medida para o "UFC: Overeem x Harris", que foi disputado no último sábado em Jacksonville (EUA). A julgar pelas reações de alguns atletas, cujas lutas tiveram seus resultados avaliados como polêmicos, dá pra dizer que os juízes laterais do evento terão muito o que explicar à Comissão de Boxe da Flórida nos próximos dias.

Como o que o povo gosta mesmo é de nocaute, vamos iniciar esse resumo com a luta principal, que foi movimentada e cheia de reviravoltas. Alistair Overeem derrotou Walt Harris após passar um sufoco no primeiro round, quando sofreu um knockdown, o holandês se recuperou ainda no round, e terminou o serviço no round seguinte, primeiro com um belo chute alto, devolvendo o knockdown, e depois completando a vitória com um "ground and pound" eficiente.

Melhores Momentos de Alistair Overeem x Walt Harris no UFC Overeem x Harris.

Mas a imagem (ou as imagens) marcantes ficaram para o pós-luta, quando Overeem, conhecido pela marra, abraçou e confortou Harris ainda no chão do octógono. O americano viveu um drama familiar com a morte da filha em novembro de 2019 e só agora conseguiu retomar a carreira.

Alistair Overeem consola Walt Harris após nocauteá-lo — Foto: Getty Images

O olhar pedido de Walt Harris após a luta também chamou a atenção.

Walt Harris com o olhar perdido após a derrota para Alistair Overeem — Foto: Getty Images

Outra luta que chamou a atenção, e que certamente agradou os fãs vampiros do MMA foi o duelo entre Darren Elkins e Nate Landwehr. Elkins recebeu alguns golpes muito duros, principalmente cotoveladas, de Landwehr, e ficou com o rosto muito ferido. A quantidade de sangue chamou a atenção, assim como o discurso da vitória de Landwehr, que parecia não saber o que havia sido perguntado, tamanha a sua euforia.

Darren Elkins UFC: Overeem x Harris — Foto: Getty Images

Nate Landwehr Darren Elkins UFC: Overeem x Harris — Foto: Getty Images

Nate Landwehr estava eufórico na entrevista após sua luta contra Darren Elkins no UFC: Overeem x Harris — Foto: Getty Images

Falando em euforia, Kevin Holland teve todos os motivos para vibrar. Após nocautear Anthony Hernandez em apenas 39s, o peso-médio colocou-se à disposição para lutar já no dia 30. "Foi rápido, eu estou pronto para lutar de novo daqui a pouco, ou no próximo evento."

  

E por falar em invencibilidade, o peso-pesado brasileiro Rodrigo Zé Colméia deu um autêntico abraço de urso no americano Don "Tale Mayes. Ambos vinham do Contender Series, e Zé Colméia estava invicto nas sete lutas que fez. Estava? Não. Está. Com uma bela finalização no segundo round, o mineiro aumentou seu cartel para 8-0 e tirou onda dizendo que iria festejar jogando "Fortnite".

Melhores Momentos de Rodrigo Zé Colmeia x Don

O brasileiro ainda brincou com Bruce Buffer após a luta. Como, pelos protocolos de segurança, não é aconselhável tocar as mãos, Zé Colméia tocos os cotovelos com o announcer do UFC.

A outra finalização do evento foi conseguida pela americana Cortney Casey. Vinda do peso-palha, ela estreou no peso-mosca contra a italiana Mara Romero Borella, e provou que a persistência pode valer muito à pena. Após tentar duas vezes encaixar uma chave de braço ainda no primeiro round, ela finalmente conseguiu executar o golpe.

Melhores Momentos de Cortney Casey x Mara Romero Borella no UFC Overeem x Harris.

 

Melhores Momentos de Cortney Casey x Mara Romero Borella no UFC Overeem x Harris.

Agora vamos falar das reclamações, e começamos pela luta que rendeu mais polêmica: o peso-pena Marlon Vera tinha certeza de que havia vencido o chinês Song Yadong na abertura do card principal do evento. Sua confiança na vitória era tão grande que, antes do anúncio do resultado por Bruce Buffer, Vera já vibrava abraçado à bandeira do Equador. Infelizmente para ele, os juízes viram vitória do chinês, e Vera não só se mostrou incrédulo, como recusou o cumprimento do adversário, soltando um palavrão ao afastar a mão de Yadong. No detalhe, a reação de Marlon Vera no anúncio da luta

Outra luta que gerou reclamações: o agora peso-pena Edson Barboza enfrentou o havaiano Dan Ige em sua estreia na nova categoria após 22 lutas como peso-leve. O duelo foi equilibrado, mas muito pouca gente viu vitória de Ige após os três rounds. No entanto, dois componentes desse pequeno grupo estavam justamente julgando a luta. A decisão dividida em favor de Ige gerou perplexidade em Barboza, que não escondeu a insatisfação após o anúncio oficial.

Melhores Momentos de Dan Ige x Edson Barboza no UFC Overeem x Harris.

Melhores Momentos de Dan Ige x Edson Barboza no UFC Overeem x Harris.

Por fim, o co-evento principal da noite. Não foi uma polêmica tão clara quanto as das lutas entre Edson Barboza e Dan Ige e entre Marlon Vera e Song Yadong, mas a reação de Angela Hill foi muito semelhante a dos dois atletas que se sentiram prejudicados. A americana teve uma atuação mais sólida do que a de Cláudia Gadelha, mas na visão dos árbitros, a brasileira foi a melhor. Hill reclamou junto à sua equipe, deixando claro que não concordava com o resultado oficial.

Melhores Momentos de Cláudia Gadelha x Angela Hill no UFC Overeem x Harris.

Melhores Momentos de Cláudia Gadelha x Angela Hill no UFC Overeem x Harris.

Prêmios da noite

Os quatro lutadores que receberam os prêmios do "UFC: Overeem x Harris" foram Cortney Casey e Miguel Baeza pelas "Performances da Noite" e Marlon Vera e Song Yadong pela "Luta da Noite". Os quatro embolsaram US$ 50 mil cada por suas atuações (aproximadamente R$ 295 mil).

Confira os resultados do evento:

CARD PRINCIPAL
Alistair Overeem venceu Walt Harris por nocaute técnico aos 3m do R2
Cláudia Gadelha venceu Angela Hill por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Dan Ige venceu Edson Barboza por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Krzysztof Jotko venceu Erik Anders por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)
Song Yadong venceu Marlon Vera por decisão unânime (triplo 29-28)
CARD PRELIMINAR
Miguel Baeza venceu Matt Brown por nocaute aos 18s do R2
Kevin Holland venceu Anthony Hernandez por nocaute técnico aos 39s do R1
Giga Chikadze venceu Irwin Rivera por decisão unânime (30-26, 30-27 e 30-27)
Nate Landwehr venceu Darren Elkins por decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)
Cortney Casey venceu Mara Romero Borella por finalização aos 3m36 do R1
Rodrigo Zé Colmeia venceu Don "Tale Mayes por finalização aos 2m05s do R2

Visualizações 87
Fonte: Combate
Por: Redação
Data: 17/05/2020 20h51min

« anteriorpróximo »
Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014